O que é a Liderança Compartilhada para o Lean?

Aprenda por que a cultura de liderança compartilhada é superior para o pensamento Lean, se comparada a abordagem top-down tradicional, e veja como aplicá-la na prática.

Introduction

Quando estiver preparando a implementação da gestão Lean, você precisa levar em consideração a maneira como lidera seu time. A liderança está entre as bases da gestão e se você quer que a adoção do seja bem-sucedida na sua organização, você deve estar pronto para mudar para melhor.

A gestão de um time Lean exige uma cultura de liderança compartilhada e nos próximos parágrafos, você aprenderá tudo que precisa saber para começar a tornar um verdadeiro líder no ambiente Lean.

Se você não está confiante de que entendo do que o Lean se trata, por favor, leia nosso artigo sobre este tópico antes de continuar.

Por que a Liderança Top-Down não é Adequada para a Gestão de Times Lean?

Por um bom tempo, o modelo de liderança top-down foi amplamente adotado na maioria das empresas ao redor do mundo.

traditional leader

No passado, ele servia bem para as empresas, porque permitia que os executivos possuíssem alto controle da organização em todos os níveis, permanecendo com todo o poder de decisão.

Embora tenha funcionado bem, o modelo está se tornando desatualizado e impraticável, especialmente no contexto da gestão Lean.

Isto ocorre, porque muitas das práticas comuns na gestão tradicional estão em conflito com os 5 princípios sobre os quais a metodologia Lean foi construída.

8 grandes diferenças entre os modelos de gestão top-down e de liderança compartilhada. No contexto do Lean, o modelo tradicional pode acabar sendo um tanto quanto limitante devido ao fato de que:

  • O poder é frequentemente muito centralizado
  • O compartilhamento de informações é raramente encorajado
  • A tomada de decisão é um privilégio fornecido somente à gerência
  • Feedback loops são difíceis de serem mantidos

Indiscutivelmente, o maior problema com a liderança tradicional é que ela é extremamente inadequada para o processo de melhoria contínua, que é vital para a implementação de sucesso do Lean.

Isto é em grande parte causado devido às limitações que o modelo top-down impõe nas ações do time.

Por exemplo, saber que é necessário consultar um gerente, que então precisará falar com um executivo para a aprovação de pequenas mudanças, frequentemente dificulta o desejo de membros regulares do time de sugerirem melhorias e os mantêm presos, fazendo a mesma coisa repetidamente.

O que é Liderança Compartilhada?

A liderança compartilhada se baseia na ideia central de que o papel principal do líder é guiar seu time para que este alcance o objetivo comum, em vez de ser um chefe e dar ordens em um nível superior.

new-leader

No modelo de liderança compartilhada, a hierarquia é mais informal e o gerente precisa ser aceito como parte do time, não como um ser superior da qual a aprovação é exigida para até mesmo as menores tarefas.

Líderes que são guiados pelo princípio da liderança compartilhada irradiam conhecimento e buscam fornecer transparência para seus times. Eles fornecem uma visão geral ao seu time para uma melhor colaboração. O compartilhamento de ideias é encorajado e o líder assegura que há um ambiente seguro para que isso floresça.

A ponto central da cultura de liderança compartilhada é a delegação de responsabilidade na empresa e o fornecimento de um grande número de pessoas com a habilidade de tomar decisões, até um certo ponto, sem a aprovação do supervisor.

O maior benefício da liderança compartilhada é que um time motivado e capaz pode entregar uma maior quantia de valor em um menor período de tempo, quando possuem maior flexibilidade de ação e não são limitados por muita burocracia.

Como um gerente Lean, você precisa permitir e ajudar seu time a tomar responsabilidade de seu processo.

Você precisa encorajar a colaboração e fornecer feedback para o seu time regularmente.

Implementando a Liderança Compartilhada em um Ambiente Lean

Ao tomar os primeiros passos para a implementação do Lean, você deve deixar claro que espera-se que cada pessoa seja um líder no seu respectivo campo.

Isto pode exigir que você faça uma distinção clara entre o que significa ser um líder e ser um chefe.

Se o seu time está acostumado com o modelo top-down, esta transição pode levar algum tempo e precisar de bastante encorajamento, no começo.

shared-leadership

Compartilhe a responsabilidade de identificar o valor do seu trabalho

Você precisa ajudar seu time a entender o valor que eles produzem para o consumidor final da sua organização e encorajá-los a buscar por diferentes maneiras de aumentá-lo.

Familiarize o seu time com as atividades que o Lean considera como desperdício e discuta como você pode focar naquelas que trazem mais valor para o seu consumidor.

Ajude cada pessoa a entender como elas se encaixam no processo de geração de valor e a identificar e refinar suas contribuições de valor individuais.

Preste atenção aos isolamentos organizacionais e acabe com a mentalidade de isolamento para o bem da melhoria colaborativa. Você não quer a atitude “este é o meu trabalho” no seu time, certifique-se de ter todo o seu time alinhado.

Mapeie a cadeia de valor juntos

Depois que o valor do trabalho do seu time é identificado, você deve proceder com o mapeamento da cadeia de valor do seu processo. Embora você provavelmente entenda seu processo perfeitamente, esta não é uma responsabilidade que deve ser carregada somente pelo gerente.

Os heróis da linha de frente são as pessoas que o mantém rodando todos os dias e enfrentam problemas que podem não chamar sua atenção, portanto, você deve detalhar e visualizar coletivamente seu processo.

Se você organiza seu trabalho em um quadro Kanban, depois que o time se familiarizar com seu funcionamento, discuta possíveis mudanças nos passos do seu processo e dê a liberdade para que eles indiquem melhorias.

Isto é especialmente importante para times mistos, que consistem em pessoas de diferentes áreas de especialidade (p.ex., marketing, P&D, vendas).

Se você está no processo de formação de um novo time deste tipo, reúna as pessoas que estarão juntas nele e dê a liberdade para que elas desenvolvam o processo de colaboração.

Como o líder formal, você deve aprovar o esquema desenvolvido ou sugerir melhorar, caso haja imperfeições.

Crie um fluxo coletivamente

Na gestão Lean, a criação e manutenção de um fluxo de trabalho é crucial. Embora seu estabelecimento seja mais responsabilidade do gerente, seu time deve se sentir responsável por ele.

Eles devem estar cientes de que as tarefas de todo o time estão progredindo e prestar atenção nos bloqueadores.

Ao adotar uma cultura de liderança compartilhada, você deve dar a flexibilidade necessário para que eles realoquem a capacidade por si sós, para o resolução de problemas de fluxo.

Por exemplo, se o processo está bloqueado, porque o membro do time que é responsável por executar a tarefa está ausente, outro membro com capacidade livre e especialidade adequada deve ter a liberdade de terminar a tarefa, sem ter que pedir uma permissão explícita.

Isto não significa que eles não devam informá-lo sobre isto e compartilhar seu plano de ação, mas eles não devem ser forçados a pedir permissão para garantir um bom fluxo de trabalho.

Permita que seu time puxe tarefas

Quando o fluxo é alcançado, você deve proceder com a definição de um sistema de puxar, que é outro aspecto-chave da gestão Lean que pode ser quase impossível de ser implementado com o modelo de liderança tradicional. Ele está entre as mudanças mais difíceis para os gerentes, que estão acostumados a delegar trabalho a todo momento.

O sistema de puxar funciona com um limite de trabalho que pode estar em progresso simultaneamente.

Desta maneira, todo mundo se foca em uma coisa por vez e somente começa a trabalho em novas tarefa quando possuem a capacidade de processá-las sem abandonar algo que esteja atualmente em progresso.

Portanto, as tarefas são puxadas do backlog, em vez de serem empurradas para o processo, causando o abandono de trabalhos inacabados.

Em poucas palavras, em vez de constantemente buscar por pessoas que estejam livres e empurrar o trabalho para elas, ao adotar uma cultura de liderança compartilhada, você deve estar confiante de que elas encontrarão o trabalho quando estiverem prontas.

Crie um ambiente sustentável para a melhoria contínua

Indiscutivelmente, o benefício mais importante do modelo de liderança compartilhada para a gestão Lean é que ele permite que a melhoria contínua floresça. Isto dá a oportunidade a cada membro do time de se responsabilizar pelo processo.

Isto ocorre devido ao fato de que eles terão mais espaço para melhorias, ao dar a liberdade para a tomada de decisão e, portanto, buscarão melhorar no que fazem para que possam mostrar que a confiança colocada neles é merecida.

Lean-management-environment

A melhoria individual só é um lado da moeda. Seu time se sentirá mais segura para sugerir melhorias para seu fluxo de trabalho e conduzir experimentos.

Não obstante, quando se sentem responsáveis pelo fluxo de trabalho, eles serão capazes de se desenvolver continuadamente como um grupo e atingir uma simbiose em suas ações.

Como resultado, sua maneira de colaboração evoluirá constantemente. Eles serão capazes de complementar uns aos outros naturalmente e seu trabalho se tornará mais de um líder e menos de um gerente.

Você não precisará se preocupar com pequenos problemas e será capaz de focar em atividades que agregam valor.

Resumindo

A adoção de uma cultura de liderança compartilhada é uma parte inevitável e inseparável da gestão Lean. Embora, no começo, possa parecer difícil abandonar os velhos costumes de liderança, você será capaz de ver o benefício rapidamente, porque:

  • Seu time estará mais ciente do valor que produzem e se sentirão livres para fazer melhorias.
  • Você melhorará sua conexão com cada membro do time ao permitir que eles tomem a responsabilidade pelo seu trabalho e compartilhem suas ideias com você para melhorá-lo.
  • Você não será a única pessoa responsável por manter o fluxo de trabalho.
  • Será mais fácil manter um sistema de puxar.
  • Você possuirá um ambiente adequado para a melhoria contínua.

A seguir