A Gestão de Qualidade Integrada da Melhoria Contínua

Como você gerencia a qualidade do seu produto? Inspeções não melhoram a qualidade por si só. Em vez disso, aprenda a integrar qualidade deste o começo.

Introduction

A prevenção de um incêndio é sempre mais fácil do que apagá-lo. Da mesma maneira, a integração de qualidade dos produtos desde o começo é mais eficiente do que a tentativa de solução de problemas depois que danos são causados.

Diferente da gestão tradicional, é exatamente desta maneira que a Gestão Lean lida ativamente com a gestão de qualidade com as ferramentas de melhoria contínua.

Gestão de Qualidade Ativa vs Reativa

Countless metrics don't help quality

Para entender como integrar qualidade nos produtos desde o começo, é necessário entender por que isto não está acontecendo naturalmente.

A maneira mais comum de prevenir que defeitos cheguem ao consumidor exige a introdução de um grande número de inspeções e inúmeras KPIs ou métricas no processo.

O problema com esta abordagem é que ela é reativa. E gera desperdício.

Se pensamos no contexto de cadeias de valor, nenhuma inspeção ou métrica agrega valor para o consumidor. Na melhor das hipóteses, elas ajudam a descobrir e reagir a defeitos já produzidos. No pior caso, elas encorajam a trapaceio do sistema – você recebe aquilo que mede.

Agora, não se engane, ambas, KPIs e inspeções, são, sem dúvidas, ferramentas de gestão de qualidade necessárias e úteis. O problema é que elas não previnem os defeitos de qualidade, então, contar somente com elas para a produção de qualidade não é suficiente.

No final, a gestão de qualidade reativa gera mais custos associados e ainda acabamos com vários bugs no nosso código ou defeitos nos produtos.

Dito isso, como podemos mudara para uma gestão de qualidade ativa?

Estabelecendo uma Cultura de Qualidade

Principles of quality culture

A maneira com que a gestão Lean visualiza os problemas e defeitos de qualidade é através das lentes de valor e da melhoria contínua.

Na verdade, a qualidade integrada é um resultado natural de uma empresa que adota a mentalidade de melhoria contínua e os princípios Lean.

Depois do time desenvolver uma mentalidade Lean, a melhoria contínua se torna a cola que mantém tudo unificado. Todo princípio de gestão Lean é traduzido em ação, influenciando a maneira como a qualidade é percebida no processo de desenvolvimento do produto.

  • Mentalidade centrada no valor significa que tudo que você faz precisa agregam valor ao cliente. Seu consumidor é qualquer pessoa que recebe algo do seu trabalho.
  • O pensamento consciente de desperdício ajuda a remover qualquer coisa que não adiciona ou suporta valor. Isto resulta em menos métricas e passos em um processo.
  • O fluxo contínuo de trabalho encoraja o trabalho em grupos menores. Isto reduz o risco de grandes defeitos, torna os consertos mais fáceis e estabelece um fluxo de entrega estável flow.
  • Os gargalos são removidos ou monitorados pelo bem do fluxo. Se um estágio de trabalho que agrega muito valos, está demorando demais, o custo de atraso para o resto do processo pode superar este valor.
  • Fluxo puxado significa que os esforços e recursos não são investidos em coisas irrelevantes para as partes interessadas.
  • A liderança upstream encoraja a pessoa que está fazendo o trabalho a elevar os problemas, permitindo que você os corte pela raiz.
  • Análise e melhoria contínua. Uma aplicação única dos princípios Lean não fará diferença. Faça uma análise contínua dos seus trabalhos, resultados, erros e melhore a partir daí.

Pensar no seu trabalho no contexto da cadeia de valor e do fluxo de trabalho de todo o time, departamento ou, até mesmo, da empresa, afeta como você visualiza seu trabalho e prioriza tarefas.

Transformando Princípios em Práticas

Principles of quality improvement

O processo de melhoria de qualidade ativa começa a funcionar quando todo o time (incluindo os líderes) começam a pensar no seu trabalho no contexto dos valores Lean.

A cultura de melhoria contínua precisa começar a influenciar cada processo, decisão e política que molda o fluxo de trabalho e o sistema de controle de qualidade.

Este paradigma mental e princípios podem ser traduzidos em políticas de fluxo de trabalho práticas, que integram qualidade em cada etapa, desta maneira:

  • Não aceite/construa/envie um defeito – defeitos não devem ser criados conscientemente, permitindo que progridam pelo processo ou sejam entregues ao cliente. O objetivo é um processo com desperdício zero.
  • Os defeitos não podem deixa a estação/time/pessoa – quaisquer problemas de qualidade são resolvidos na mesma etapa de trabalho em que foram criados/encontrados.
  • Equipes auto-organizadas ativamente agem sempre que é necessário resolver um problema, redistribuir trabalho ou recursos. Se necessário, o time ou indivíduo pode elevar um problema e parar o processo para o bem de uma resolução eficiente.
  • Políticas explícitas, qualidade e processos de trabalho padronizados fornecem definições claras. O valor e qualidade se tornam exigências de negócio fundamentais, que são adequadamente comunicadas e esperadas em cada processo do fluxo de trabalho.
  • Sugestões de melhorias contínuas são apreciadas pela liderança. Levantar tópicos sobre problemas e sugerir soluções é altamente encorajado, independentemente da sua posição ou hierarquia.

Por exemplo, na indústria de desenvolvimento de software, um grande número dos bugs que são descobertos no processo de garantia de qualidade acaba sendo pequeno e fácil de prevenir. O fato de que esses bugs são encontrados na etapa de teste mostra que os desenvolvedores não fizeram a verificação primária de qualidade do seu trabalho.

Isto, por sua vez, desperdiça tempo dos testadores e desenvolvedores, criando iterações desnecessárias e tirando a atenção de problemas mais importantes.

A aplicação dos princípios de melhoria de qualidade contínua significa que todo mundo no time de desenvolvimento começa a pensar sobre o valor no nível de todo o fluxo.

Cada vez que uma tarefa precisa de retrabalho por causa de negligência – é um desperdício.

Alguns desperdícios são inevitáveis, mas quando você busca ativamente por oportunidades de melhoria, você tenta minimizar o desperdício que pode ser prevenido.

É assim que a cultura e políticas de qualidade ativas fazem a diferença. Inspeções e testes falhos nos ajudam a encontrar problemas e mostrar onde a melhoria é necessária.

A melhoria continua, no entanto, define ambos, os pré-requisitos para o sucesso e os princípios para ações, quando as coisas não funcionam.

Benefícios da Melhoria de Qualidade Contínua para os Negócios

Benefits of Continuous Quality Improvement

Assim que você permite que a mentalidade centrada no valor e as práticas de melhoria contínuaguiem seus esforços na gestão de qualidade, você descobrirá vários benefícios:

  • O fato de que nenhum problema é passado adiante resulta em menos tempo desperdiçado no fluxo de trabalho para o conserto de problemas que podem ser prevenidos
  • Quanto menos tempo seu trabalho passa em retrabalho e inspeções, maior se torna a capacidade do fluxo de produção
  • Os princípios da melhoria de qualidade integrada contínua, junto com os times auto-organizados, reduzem a necessidade por testes e inspeções
  • Quanto mais rápido o tempo de entrega e maior o resultado de qualidade, menor será o custo total de produção e maiores serão as margens de lucro

A chave é a natureza contínua desta melhoria. Aprenda princípios e práticas que não são um esforço único, mas contínuo.

No começo, os líderes da transformação Lean precisarão guiar e ensinar o time.

No entanto, conforme o time atinge níveis mais altos de maturidade da cultura de trabalho, eles precisarão cada vez menos do envolvimento da gerência.

Resumindo

Com a melhoria contínua no centro do seu processo de produção, a qualidade será integrada desde o início. Além disso, você precisará de menos recursos para entregar mais valor. Tudo isso sem exigir demais dos seus funcionários e do processo de produção.

  • A integração de qualidade exige a adoção dos valores de melhoria contínua do Lean
  • A melhoria continua é o motor que move o sistema de gestão de qualidade Lean
  • A melhoria de qualidade ativa Lean significa custos menores e maior qualidade desde o começo

A seguir