Diagrama de Fluxo Cumulativo para uma Melhor Estabilidade de Processos

O diagrama de fluxo cumulativo mostrará a estabilidade do seu fluxo. Ele exibe qualquer ponto fraco e fornece conselhos práticos para melhoria

Introdução

Você falha na entrega do seu Acordo de Nível de Serviço constantemente? Você tem dúvidas antes de se comprometer a um prazo? Você tem problemas com a entrega de valor em um intervalo previsível? Se a resposta para qualquer uma dessas perguntas é sim, então você definitivamente se beneficiará com a aplicação do diagrama do fluxo cumulativo ao seu processo.

A adoção de um quadro Kanban e a visualização de cada passo do seu processo é um bom primeiro passo, mas você precisa entender que o quadro e os cartões Kanban sozinhos não são suficientes para atingir um processo estável.

Felizmente, o diagrama de fluxo cumulativo pode ser a ferramenta no seu arsenal de gestão de projetos que moverá a balança em seu favor.

O que é um Diagrama de Fluxo Cumulativo?

ALTTEXT
Diagrama de fluxo cumulativo

O diagrama de fluxo cumulativo (também conhecido como CFD) é uma das mais avançadas análises para a gestão Lean. Ele fornece uma visualização concisa das três métricas mais importantes para o seu fluxo:

  • Tempo de ciclo
  • Taxa de transferência
  • Trabalho em progresso

Seu principal objetivo é mostrar a estabilidade do seu fluxo e ajudá-lo a entender onde você precisa se focar para tornar seu processo mais previsível. Ele fornece dados quantitativos e qualitativos sobre problemas passos e atuais, e pode visualizar quantias enormes de dados.

Como Ler um Diagrama de Fluxo Cumulativo

O gráfico acompanha o número total de itens de trabalho que estão nas colunas da seção Em Progresso do seu quadro Kanban, todos os dias.

O eixo horizontal do CFD representa o período de tempo dos dados visualizados no gráfico. O eixo vertical exibe o número cumulativo de cartões que estão no fluxo de trabalho em vários momentos.

As faixas de diferentes cores que dividem as seções do fluxo superior são os diferentes estágios do seu fluxo de trabalho, conforme eles aparecem no próprio quadro Kanban. As faixas sempre se movem para cima ou para os lados, de acordo com o número de tarefas que passam pelo processo.

A linha superior de cada faixa no gráfico de fluxo cumulativo representa o ponto de entrada das tarefas, na respectiva etapa do seu quadro Kanban, e a inferior mostra que ela sai dele. Se uma linha se torna horizontal, isso significa que nada está entrando ou saindo daquela etapa.

Ao usar um CFD, você pode obter uma ideia do tamanho aproximada do tempo de ciclo das suas tarefas com uma rápida olhada.

Isto é possível ao medir a distância horizontal entre a linha superior do primeiro estágio no diagrama de fluxo cumulativo e a linha inferior do último estágio em progresso.

O número de dias/semanas/meses que se passaram é a média aproximada do tempo de ciclo das tarefas do seu time para o período de tempo.

A distância entre as linhas de um CFD mostrarão os problemas do seu fluxo de trabalho.

Entendendo os dados em um CFD

Você pode notar se seu processo é estável rapidamente ao ver como a linha superior e a linha inferior de cada faixa no seu diagrama de fluxo cumulativo estão progredindo.

Há três cenários comuns:

As Faixas estão Progredindo em Paralelo

Stable workflow on a CFD

Isto significa que sua taxa de transferência é estável e as novas tarefas estão entrando seu fluxo de trabalho em paralelo àquelas que estão saindo. Esta é a situação ideal e mostra que você pode focar seus esforços na diminuição dos tempos de ciclo das suas tarefas.

Uma Faixa está Rapidamente se Estreitando

Unused capacity on a CFD

Se uma faixa no seu CFD está se estreitando continuamente, isto significa que a taxa de transferência do estágio que ela representa é maior do que a taxa de entrada. Este é um sinal de que você possui mais capacidade do que precisa neste estágio e deve realocar esforços para otimizar o fluxo.

Uma Faixa está Rapidamente se Alargando

Bottleneck on a CFD

Sempre que isto acontece em um diagrama de fluxo cumulativo, o número de cartões, que entra no estágio correspondente do quadro Kanban, é maior do que o número de tarefas saindo dele. É um problema comum que geralmente é causado por multitarefa e outras atividades que não geram valor.

Há várias ações possíveis para resolver este problema, mas se isto não é gerado pela dependência de partes externas, você deve reconsiderar os limites de WIP do seu quadro Kanban e se focar na finalização das tarefas que estão em progresso, antes de começar outras.

Você deve estar ciente de um possível 4º cenário – as faixas estão indo para baixo. Se qualquer uma das faixas do diagrama de fluxo cumulativo cai, o diagrama está incorreto. Uma tarefa nunca deve desaparecer do seu fluxo de trabalho.

Em conclusão, o diagrama de fluxo cumulativo é uma ferramenta analítica avançada que fornece uma imagem precisa da estabilidade do seu processo e da eficiência do seu time. Você pode receber conselhos práticos sobre onde precisa focar seus esforços para melhorar seu processo, rapidamente.

Resumindo

O diagrama de fluxo cumulativo é uma das análises mais avançadas para a gestão de projetos Lean.

  • Ele fornece uma visualização concisa das métricas do fluxo.
  • Mostra a estabilidade do seu fluxo e o ajuda a entender onde focar esforços para tornar seu processo mais previsível.
  • Fornece dados quantitativos e qualitativos sobre problemas passados e atuais.

A seguir

Passo 2

Usando o Gráfico de Dispersão para Medir e Prever o Tempo de Ciclo

Continue to Next Article